Warning: The magic method MchGdbcBasePublicPlugin::__wakeup() must have public visibility in /home/u336404192/domains/lorensonline.com.br/public_html/wp-content/plugins/goodbye-captcha/includes/plugin/MchGdbcBasePublicPlugin.php on line 44
PP e PVC: qual a diferença? - Loren's Suportes

Existe diferença nas características e aplicações do PP e PVC. Por isso, estão presentes em diversos tipos de produtos e são amplamente utilizados na indústria.

Mas, você sabe exatamente qual é a diferença entre estes dois tipos de plásticos? Neste texto você entenderá melhor o que é cada um desses materiais, quais são as diferenças em sua composição, e quais são as suas aplicações.

Inegavelmente, eles são indispensáveis para a Lorens! Nossos suportes são fabricados com polipropileno e PVC. São materiais versáteis, que podem ser moldados em diferentes temperaturas, e que são recicláveis!

Conheça nossos Suportes e Acessórios

Produtos inovadores que se adequam à necessidade do seu comércio

O que é o PVC

PVC é a sigla de Policloreto de Vinila, um termoplástico obtido a partir da eletrólise de eteno e de cloro – ou seja, estes são os dois principais elementos em sua composição. Por consequência, é mais versátil do que outros materiais feitos 100% a partir de derivados do petróleo.

Do mesmo modo, outras substâncias podem ser adicionadas a ele, dando origem a materiais diferentes e específicos, de acordo com a utilização necessária. Assim, está em vários produtos, como calçados, couro sintético, tubos e conexões, entre outros. O segmento com maior demanda é o da construção civil, mas ele também tem finalidades para o comércio, como é o caso dos suportes para bobina de plástico.

O PVC é um termoplástico. Ou seja, é reciclável e pode ser moldado em altas temperaturas. Por fim, ele pode ser processado de diversas formas – com processos de injeção, extrusão, espalmamento, calandragem, entre outros.

O que é o PP

Já o PP, sigla de polipropileno, é um tipo de plástico mais rígido e resistente. Apesar disso, também pode ser moldado sob altas temperaturas, o que também o caracteriza como termoplástico. 

E, do mesmo modo que o PVC, também é altamente versátil, mas por motivos diferentes: ele tem propriedades térmicas, químicas e elétricas que tornam seu uso possível em várias aplicações. Além disso, pode ser usado para peças que requerem dobras no próprio material, como estojos para óculos ou tampas dobráveis. 

Ele pode ser processado através de injeção, extrusão, termoformagem, entre outros. Por fim, é um material que pode ser reciclável com certa facilidade. Mas, na prática, qual a diferença entre usar um ou outro?

Qual é a diferença entre PP e PVC?

Uma das principais diferenças entre os dois tipos de plástico diz respeito à neutralidade. Ou seja, aos materiais gerados durante a queima do plástico. No caso do PP, gera-se apenas dióxido de carbono e água – ou seja, pode-se considerá-lo um material ecológico. 

Por outro lado, o PVC tem grandes quantidades de cloro em sua composição. Mas, em contrapartida, isto o torna mais flexível. Seja como for, ambos podem ser reciclados!

Ambos estão muito presentes no cotidiano, mas de formas muito diferentes. O PVC pode alterar suas características para se adaptar a aplicações que exigem rigidez, como canos e tubulações. Já o PP, por ser dobrável com mais facilidade, está em outras aplicações, como embalagens.

Grandes quantidades de plástico separadas para reciclagem - PP e PVC estão em objetos do dia a dia

Abaixo, alguns locais onde você pode encontrar o PP no seu dia a dia:

  • Embalagens flexíveis
  • Sacos para grãos e fertilizantes
  • Copos plásticos
  • Tampas de refrigerantes
  • Autopeças
  • Tupperware

Já o PVC está em objetos como:

  • Produtos hospitalares
  • Pisos e revestimentos
  • Brinquedos
  • Couro sintético
  • Calçados

E, claro, eles estão nos produtos Lorens! Combinam resistência e praticidade, oferecendo produtos duráveis e com baixo custo.

Conheça nossos Suportes e Acessórios

Produtos inovadores que se adequam à necessidade do seu comércio